quarta-feira, 10 de junho de 2015

Papo de Leitor

          Leitor que é leitor gostar de está bem informado, não só acerca de livros, mas sobre todos os assuntos no geral, então aproveitando o papo de leitor de hoje irei abordar o assunto que está correndo nas redes sociais essa semana: "Parada Gay SP 2015".
          Antes de começar o assunto quero deixar claro que eu, Jhully, não sou homofóbica, tenho amigos e amigas homossexuais, bissexuais, heterossexuais e isso não interfere em nada na nossa amizade. Tenho grande admiração pelo Renato Russo, Fred Mercury e sou muito fã do Wentworth Miller, então definitivamente não sou homofóbica! Então vamos ao assunto.

Viviany Beleboni, 26 anos, transexual, atriz e espírita.


          Sou Cristã e não acho certo as pessoas ficarem "apedrejando" outras pessoas pelas opções sexuais delas, só porque na Bíblia está escrito:
"Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher"
           Mas esquecem que na Bíblia também está escrito:
"Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados"
       
          O Movimento Gay é para isso, para a galera GLBT lutar a favor do direito de ir e vim como todo cidadão, o problema foi quando grupos Cristofóbicos se infiltraram no meio e usaram de símbolos religiosos para agredir diretamente os Cristãos e eu nem estou falando da Viviany estou falando de pessoas que usam símbolos Católicos como simulador, como tapa sexo e depois essas mesmas pessoas pregam por respeito e tolerância homossexual.
        Conseguem perceber a falta de comunicação que vêm ocorrendo? Criam conclusões precipitadas e agem de forma impensada, Cristãos querem assumir o papel de julgar e condenar de Cristo e pessoas que são agredidas e humilhadas todos os dias usam da agressão (e que fique nem claro que não me refiro a agressão física) e humilhações como arma de protesto contra a atitude dos outros, é como protestar pela paz fazendo guerra, não faz sentido não é?


Um grupo de religiosos participando da parada gay 
como forma de protesto aos Cristãos Homofóbicos
e dando apoio aos manifestantes.

          Então galera, vamos repensar nossas atitudes, vamos dar respeito para receber respeito, lembre-se que nosso direito acaba onde o do próximo começa, pessoas tem o direito de escolher sem quem quiser, mas pessoas também tem o direito de aplaudir suas escolhas ou não, o segredo é cada um cuidar da sua vida, pois como já dizia Alice...


Beijos da Jhully e até amanha!